13 de novembro de 2018 - 18h48
(Horário de Brasília)

APTO CDHU - BUTANTÃ - SP
ModalidadeOnline
Local do leilãowww.maisleilao.com.br
TipoAberturaFechamentoLance Inicial
1ª Praça04/12/18 11:0007/12/18 11:00R$ 169.359,74
2º Leilão07/12/18 11:0028/01/19 11:00R$ 101.615,84

 

CONDIÇÕES

 

A) o primeiro pregão da alienação judicial eletrônica começa no dia acima indicado (art. 11 do Prov. CSM n. 1625/2009, adaptado ao art. 31 do mesmo provimento);

 
B) não havendo lanço superior ao valor atualizado, seguir-se-á sem interrupção, o segundo pregão, que se estenderá por no mínimo vinte dias e se encerrará em dia e hora previamente definidos no edital (art. 12 do Prov. CSM n. 1625/2009);

C) em segundo pregão, para os fins do ar t. 692 do CPC, não serão admitidos lanços inferiores a 60% (sessenta por cento) do valor atualizado da avaliação (art. 13 do Prov. CSM n. 1625/2009);

D) sobrevindo lanço nos três minutos antecedentes ao termo final da alienação judicial eletrônica, o horário de fechamento do pregão será prorrogado em três minutos para que todos os usuários interessados tenham oportunidade de ofertar novos lanços (art. 14 do Prov. CSM n. 1625/2009);

E) durante a alienação, os lanços deverão ser oferecidos diretamente no sistema do gestor e imediatamente divulgados on-line, de modo a viabilizar a preservação do tempo real das ofertas. Não será admitido sistema no qual os lanços sejam remetidos por e-mail e posteriormente registrados no site do gestor, assim como qualquer outra forma de intervenção humana na coleta e no registro dos lanços (art. 15 do Prov. CSMn.1625/2009);

F) serão aceitos lanços superiores ao lanço corrente, tendo por acréscimo mínimo obrigatório o valor informado no site (art. 16 do Prov. CSM n. 1625/2009);

G) a comissão devida ao gestor será de 5% sobre o valor da arrematação, não se incluindo no valor do lanço (art. 17 do Prov. CSM n. 1625/2009);

H) com a aceitação do lanço, o sistema emitirá guia de depósito judicial identificado vinculado ao Juízo da execução (art. 18 do Prov. CSM n.1625/2009);

I) o arrematante terá o prazo de até 24 (vinte e quatro) horas para efetuar o pagamento à vista (depósito do lanço). A comissão da gestora será paga diretamente (art. 19 do Prov. n. CSM n. 1625/2009);


J) o auto de arrematação será assinado por este juiz somente após a comprovação efetiva do pagamento integral do valor da arrematação e da comissão, dispensadas as demais assinaturas referidas no art. 694 do Código de Processo Civil (art. 20 do Prov. n. CSM n. 1625/2009);

K) não sendo efetuado o depósito da oferta, o gestor comunicará imediatamente o fato ao Juízo, informando também os lanços imediatamente anteriores para que sejam submetidos à apreciação do Juízo, sem prejuízo da aplicação da sanção prevista no art. 695 do CPC (art. 21 do Prov. n. CSM n. 1625/2009);

L) o exequente se vier a arrematar o imóvel, não estará obrigado a exibir o preço, mas, se o valor do bem exceder o seu crédito, depositará dentro de três (3) dias a diferença, sob pena de ser tornada sem efeito a arrematação e, neste caso, o bem será levado a nova praça à custa do exequente (art. 690-A, parágrafo único, do CPC).


LEILOEIRO: O leilão será realizado pelo leiloeiro e gestor, Frederico Alberto Severino Frazão, JUCESP nº692.


PAGAMENTO e RECIBO DE ARREMATAÇÃO - O preço do bem arrematado, deverá ser depositado através de guia de depósito judicial do Banco do Brasil S.A. (obtida através do sitehttp://www.bb.com.bre ou através do site gestorhttp://www.maisleilao.com.brno local destinado ao usuário onde aparecerá como link :“Minha Conta”.) no prazo de 24 horas da realização do leilão.

Comissão do Leiloeiro:  A comissão de 5% do leiloeiro deverá ser feito através de depósito bancário, DOC ou TED, no prazo de até 01 (um) dia útil a contar do encerramento do leilão na conta do Leiloeiro Oficial: Frederico Alberto Severino Frazão- CPF Nº 151.699.388-88, Banco Itaú, Conta 03923-7, Agência 0177.

Em até 5 horas após o encerramento do Leilão, a equipe do leiloeiro entrara em contato com o arrematante com instruções para pagamento - recomendamos esperar o contato antes de efetuar o pagamento. Decorridos o prazo sem que arrematante tenha realizado o pagamento, tal informação será encaminhada ao MM. Juízo competente para a aplicação das medidas legais cabíveis.

 

Maiores informações encontráveis no edital do respectivo leilão.

 

 

 

APTO CDHU - BUTANTÃ - SP

StatusAGUARDE
Maior LanceN/D
UsuárioN/D
Avaliação168.853,19
Lance mínimo 1º Leilão169.359,74
Lance mínimo 2º Leilão101.615,84
Incremento0,00
Área de lances

RELAÇÃO DO IMÓVEL: Os direitos de Promissário Comprador da executada sobre o seguinte
bem – A unidade 6-B do Conjunto Habitacional Raposo Tavares, situado na Rua Joaquim
Guimarães, 651, Butantã, São Paulo-SP, objeto do Contrato de Cessão de Posse e Promessa de
Compra e Venda e outras Avenças nº 041236/0239.

Consta saldo devedor do compromisso de venda e compra junto a CDHU que atualizado até
02/2017 perfaz o valor de R$ 98.904,23 (fls. 42 até 54).

O debito desta execução perfaz o total de 25.003,23 (atualizado até outubro/2016),
conforme consta às fls. 14-20.

Local do Bem: Rua Joaquim Guimarães, 651, Unidade 6 B, Butantã, São Paulo/SP.

Não constam causas ou recursos pendentes de julgamentos.

Valor da Avaliação: R$ 168.853,19 (scento e sessenta e oito mil e oitocentos e cinquenta e três
reais e dezenove centavos), em 09/2018, que será atualizada até a data da alienação
conforme Tabela do Tribunal de Justiça de São Paulo.

EDITALDE 1ª e 2ª PRAÇAS e intimação do(s) executado(s), FATIMA ISABEL DE GODOY e terceiro interessado COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO HABITACIONAL E URBANO DO ESTADO DE SÃO PAULO - CDHU. O Dr. Théo Assuar Gragnano, MM. Juíz de Direito da 03ª Vara Cível do Foro Regional XI - Pinheiros – SP, com fulcro na Lei nº 13.105/15 (“Novo CPC”) e no regulamentado pelo Prov. CSM 1625/2009 do TJSP (e demais alterações), FAZ SABER, aos que o presente Edital de 1ª e 2ª Praça do bem imóvel, virem ou dele conhecimento tiverem e interessar possa, que por este Juízo, processam-se os Autos do Cumprimento de Sentença, ajuizada por CONJUNTO HABITACIONAL RAPOSO TAVARES (CNPJ: 15.358.937/0001-00) – em face de FATIMA ISABEL DE GODOY (CPF: 087.057.338-12), e terceiro interessado COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO HABITACIONAL E URBANO DO ESTADO DE SÃO PAULO – CDHU (CNPJ: 47.865.597/0001-09) – Processo nº 1002626-20.2015.8.26.0011 e que foi designada a venda do bem descrito abaixo, de acordo com as regras expostas a seguir:
DO IMÓVEL – O imóvel será vendido em caráter “AD CORPUS” e no estado em que se encontra. As regras e condições, bem como as fotos e a descrição detalhada do imóvel a ser apregoado estão disponíveis no portal Gestor Mais Leilão, www.maisleilao.com.br.
DA VISITAÇÃO – As visitas deverão ser agendadas via e-mail, contato@maisleilao.com.br ou por telefone (11) 2626-5561.
DA PRAÇA – A praça será realizada na modalidade On-line, por MEIO ELETRÔNICO, através do portal Gestor www.maisleilao.com.br. A 1ª Praça terá início no dia 04/12/2018 às 11:00 hrs. e se encerrará no dia 07/12/2018 às 11:00 hrs. Em não havendo lance superior ou igual ao valor da avaliação na data indicada para o 01º Certame, este seguir-se-á sem interrupção a 2ª Praça, que se estenderá por no mínimo vinte dias e terá início no dia 07/12/2018 às 11:00 hrs., e se encerrará em 28/01/2019 às 11:00 hrs.
DO CONDUTOR DA PRAÇA – A praça será conduzida pelo leiloeiro Oficial Sr. Frederico Alberto Severino Frazão, matriculado na Junta Comercial do Estado de São Paulo – JUCESP sob o nº 692, único responsável legal pelo Leilão e pelos termos deste edital.
DO VALOR MÍNIMO DE VENDA DO IMÓVEL – Na 2ª Praça, o valor mínimo para a venda do imóvel corresponderá a 60% (sessenta por cento) do valor da avaliação judicial, que será atualizada até a data da alienação, não sendo aceito lance de valor vil, ficando o executado intimado pelo presente edital das designações supra, caso não seja localizado para a intimação nos termos da Lei.
DOS LANCES – Os lances deverão ser ofertados pela Internet, através do Portal www.maisleilao.com.br, após o devido cadastro do interessado.
DOS DÉBITOS – Eventuais ônus correrão por conta do arrematante, exceto eventuais débitos Fiscais e Tributários, nos termos do art. 130, “caput” e parágrafo único, do CTN. De acordo
com o Art. 1499, VI do Código Civil, a hipoteca extingue-se com a arrematação, assim, nada
será devido pelo arrematante ao credor hipotecário. Também correrão por conta do
arrematante as despesas e os custos relativos à desmontagem desocupação e quaisquer
outros custos provenientes de sua aquisição (CSM nº 1625/2009, Art. 24) além da apuração de
todos e quaisquer ônus que recaiam sobre o bem antes de sua participação nas praças.
Eventuais débitos remanescentes decorrentes das taxas de manutenção condominiais do
imóvel ficarão a cargo do arrematante, caso o valor depositado da arrematação não seja
suficiente para a devida quitação.
DO PAGAMENTO O arrematante deverá efetuar o pagamento do preço do bem arrematado,
no prazo de até 24 horas (vinte e quatro horas), após o encerramento do leilão, através de
Guia de Depósito Judicial em favor do juízo responsável sob pena de se desfazer a
arrematação. Ao ofertar o lance o licitante estará sujeito aos termos do Art. 358 do Código
Penal, além dos Arts. 186 e 927 do Código Civil. O interessado em adquirir o bem penhorado
em prestações poderá apresentar proposta por escrito, nas condições estabelecidas no Art.
895 do CPC.
DA COMISSÃO - A comissão de 5% do leiloeiro não está incluída no valor do lance e não fará
parte da eventual proposta de parcelamento, devendo esta ser paga diretamente ao mesmo
no prazo de até 24 horas. Ofertado o lance, o proponente/arrematante concordará
expressamente que a comissão não será devolvida em caso de desistência ou cancelamento da
arrematação por iniciativa própria e antes do julgamento dos embargos oferecidos.
DA ADJUDICAÇÃO – Na hipótese de adjudicação do bem pelo exequente, este ficará
responsável pela comissão devida, que não será considerada despesa processual para fins de
ressarcimento pelo executado.
DA REMIÇÃO/ACORDO: Se o executado, após a publicação do edital em epígrafe, pagar a
dívida antes de adjudicado ou alienado o bem, na forma do artigo 826, do Código de Processo
Civil, ou celebrar acordo com suspensão das praças, deverá apresentar até a data e hora
designadas para o leilão, a guia comprobatória do referido pagamento acompanhada de
petição fazendo menção expressa quanto à remição ou acordo, sendo vedado para tal
finalidade o uso do protocolo integrado. Neste caso, deverá o executado pagar a importância
atualizada da dívida, mais juros, custas, honorários advocatícios e a comissão devida ao
Leiloeiro Oficial.

A publicação deste edital será realizada com fulcro no Artigo 887, §2º da Lei nº 13.105/15
(“NOVO CPC”) e supre eventual insucesso nas notificações das partes e respectivos patronos.

 

CONDIÇÕES

 

A) o primeiro pregão da alienação judicial eletrônica começa no dia acima indicado (art. 11 do Prov. CSM n. 1625/2009, adaptado ao art. 31 do mesmo provimento);

 
B) não havendo lanço superior ao valor atualizado, seguir-se-á sem interrupção, o segundo pregão, que se estenderá por no mínimo vinte dias e se encerrará em dia e hora previamente definidos no edital (art. 12 do Prov. CSM n. 1625/2009);

C) em segundo pregão, para os fins do ar t. 692 do CPC, não serão admitidos lanços inferiores a 60% (sessenta por cento) do valor atualizado da avaliação (art. 13 do Prov. CSM n. 1625/2009);

D) sobrevindo lanço nos três minutos antecedentes ao termo final da alienação judicial eletrônica, o horário de fechamento do pregão será prorrogado em três minutos para que todos os usuários interessados tenham oportunidade de ofertar novos lanços (art. 14 do Prov. CSM n. 1625/2009);

E) durante a alienação, os lanços deverão ser oferecidos diretamente no sistema do gestor e imediatamente divulgados on-line, de modo a viabilizar a preservação do tempo real das ofertas. Não será admitido sistema no qual os lanços sejam remetidos por e-mail e posteriormente registrados no site do gestor, assim como qualquer outra forma de intervenção humana na coleta e no registro dos lanços (art. 15 do Prov. CSMn.1625/2009);

F) serão aceitos lanços superiores ao lanço corrente, tendo por acréscimo mínimo obrigatório o valor informado no site (art. 16 do Prov. CSM n. 1625/2009);

G) a comissão devida ao gestor será de 5% sobre o valor da arrematação, não se incluindo no valor do lanço (art. 17 do Prov. CSM n. 1625/2009);

H) com a aceitação do lanço, o sistema emitirá guia de depósito judicial identificado vinculado ao Juízo da execução (art. 18 do Prov. CSM n.1625/2009);

I) o arrematante terá o prazo de até 24 (vinte e quatro) horas para efetuar o pagamento à vista (depósito do lanço). A comissão da gestora será paga diretamente (art. 19 do Prov. n. CSM n. 1625/2009);


J) o auto de arrematação será assinado por este juiz somente após a comprovação efetiva do pagamento integral do valor da arrematação e da comissão, dispensadas as demais assinaturas referidas no art. 694 do Código de Processo Civil (art. 20 do Prov. n. CSM n. 1625/2009);

K) não sendo efetuado o depósito da oferta, o gestor comunicará imediatamente o fato ao Juízo, informando também os lanços imediatamente anteriores para que sejam submetidos à apreciação do Juízo, sem prejuízo da aplicação da sanção prevista no art. 695 do CPC (art. 21 do Prov. n. CSM n. 1625/2009);

L) o exequente se vier a arrematar o imóvel, não estará obrigado a exibir o preço, mas, se o valor do bem exceder o seu crédito, depositará dentro de três (3) dias a diferença, sob pena de ser tornada sem efeito a arrematação e, neste caso, o bem será levado a nova praça à custa do exequente (art. 690-A, parágrafo único, do CPC).


LEILOEIRO: O leilão será realizado pelo leiloeiro e gestor, Frederico Alberto Severino Frazão, JUCESP nº692.


PAGAMENTO e RECIBO DE ARREMATAÇÃO - O preço do bem arrematado, deverá ser depositado através de guia de depósito judicial do Banco do Brasil S.A. (obtida através do sitehttp://www.bb.com.bre ou através do site gestorhttp://www.maisleilao.com.brno local destinado ao usuário onde aparecerá como link :“Minha Conta”.) no prazo de 24 horas da realização do leilão.

Comissão do Leiloeiro:  A comissão de 5% do leiloeiro deverá ser feito através de depósito bancário, DOC ou TED, no prazo de até 01 (um) dia útil a contar do encerramento do leilão na conta do Leiloeiro Oficial: Frederico Alberto Severino Frazão- CPF Nº 151.699.388-88, Banco Itaú, Conta 03923-7, Agência 0177.

Em até 5 horas após o encerramento do Leilão, a equipe do leiloeiro entrara em contato com o arrematante com instruções para pagamento - recomendamos esperar o contato antes de efetuar o pagamento. Decorridos o prazo sem que arrematante tenha realizado o pagamento, tal informação será encaminhada ao MM. Juízo competente para a aplicação das medidas legais cabíveis.

 

Maiores informações encontráveis no edital do respectivo leilão.

 

 

 

End.: Rua Joaquim Guimarães, 651, Butantã, São Paulo-SP

Mapa para APTO CDHU - BUTANTÃ - SP

Indisponível

Compartilhe este lote nas suas mídias sociais

Últimos lances superados
LoginValorDataTipo
Este lote ainda não teve lances superados
Relação de lances por usuário
LoginIPTotal de lancesMaior lance
Este lote ainda não recebeu lances